01
Fev
10

Capítulo VII – Memorial do Convento

No início deste sétimo capítulo, a falta de dinheiro impede a construção da passarola pois, segundo o padre Bartolomeu, para a fazer voar seria necessário comprar ímanes. Enquanto não pode continuar a construção da passarola, o padre ajuda a empregar Baltasar no açougue do Terreiro do Paço, melhorando este significativamente o seu nível de vida.

No decorrer do capítulo vão sendo relatados os assaltos que os portugueses sofreram durante as viagens à Índia, a invasão e as guerras que se travam em Pernambuco. No entanto, finalmente as boas notícias: chega a nau de Macau carregada de jóias, açúcar, tabaco, ouro,sem que nenhum homem tivesse adoecido ou morrido durante a viagem.

Entretanto D. Maria Ana já se encontra no fim da gravidez e mantém-se apática em relação às notícias que lhe vão chegando, sendo-lhe indiferente “dizerem-lhas ou calarem-lhas”. Todas as congregações da província da Arrábida vão rezando para que o infante nasça bem e numa boa hora, sem defeitos, e que nasça varão, para maior contentamento do rei. Apesar das orações, estas não se concretizam e “D. João vai ter de contentar-se com uma menina”. No entanto, o nascimento da infanta traz auspícios de felicidade – ao seu nascimento seguem-se dias de chuva abundante após um longo período de seca. O baptizado foi cheio de riquezas, adornos, marqueses, duques e damas. Sete bispos a baptizaram, com o título de dona, e a menina passou a chamar-se Maria Xavier Francisca Leonor Bárbara. Do seu tio e padrinho D. Francisco, Maria Bárbara recebe uma cruz de brilhantes; Não obstante, em nada comparável à prenda que a sua mãe recebera, uns brincos de diamantes de valor elevado.

Baltasar e Blimunda também assistiram à festa; no entanto, Baltasar encontra-se bastante cansado, doendo-lhe a mão esquerda de tanto trabalhar.

No final do capítulo anuncia-se a morte de Frei António. Apesar disso, D. João pretende cumprir com a sua promessa e o convento há-de ser construído.

Sérgio Ramos, 12ºC


0 Responses to “Capítulo VII – Memorial do Convento”



  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: